Mozambique Eyecare Project: primeiros profissionais de Optometria

In Science and Society

<p>O Moçambique Eyecare Project tem como objectivo criar os primeiros profissionais de Optometria em Moçambique e técnicos de optometria que possam providenciar a sustentabilidade e abranger o sistema de cuidados visuais como parte integral do sistema nacional de saúde. </p>

 

Moçambique tem actualmente 17 oftalmologistas para uma população aproximada de 21 milhões de pessoas, muito poucos optometristas e alguns técnicos de óptica de média prestação. Ao longo de cinco anos do projecto, o povo Moçambicano beneficiou de exames globais á visão e providenciou óculos que até aqui não estariam disponíveis para eles.

 

O Programa de Cuidados Visuais Moçambicano é uma coligação. O programa pretende facilitar o desenvolvimento, implementação e avaliação do modelo regional de optometria na África Lusófona. Passará a envolver o contributo dos colaboradores do Instituto de Tecnologia de Dublin (DIT) e da Universidade de Ulster (Ulster), em colaboração com o Centro Internacional de Educação em Cuidados Visuais (ICEE) e a Universidade de Lúrio em Moçambique, e suportado pela Coligação de Cuidados Visuais Moçambicana (MECC – uma coligação entre Organizações Não-Governamentais de Desenvolvimento e o Ministério de Saúde Moçambicano). A Escola regional de Optometria, situada no campus da Universidade de Lúrio, será o centro da educação de estudantes universitários em optometria e investigação de pós-graduados.

 

Os países escolhidos para beneficiar deste programa educacional são países Lusófonos como Angola, Guiné-Bissau, São Tomé e Príncipe e Cabo Verde. Até 2015, mais de 30 optometristas serão educados a desenvolver cuidados visuais primários e serviços de refracção para colmatar as necessidades do povo Lusófono Africanos que actualmente precisa de cuidados visuais.

 

Em soma, um Workshop de óptica servirá para treinar técnicas e serviços administrativos pessoais, que serão desenvolvimento da parte de educação escolar para providenciar prescrições acessíveis às necessidades deles. Depois da implementação do ciclo de 5 anos deste projecto, esperemos que seja um sucesso, bom para o desenvolvimento e sustentável na educação para profissionais de Optometria na África Lusófona que está em desenvolvimento. Este modelo é similar ao desenvolvido em Malawi por Anglófonos na região do Sul de África.

 

Link Box 

Mozambique Eyecare Project 

 

Originally Published 2012-05-01

Submit a comment