Empresa vai iniciar produção de soja na província da Zambézia

In Senza categoria

<p>A empresa moçambicana Rei do Agro está a investir 5 milhões de dólares na presente campanha agrícola no distrito de Gurué, na Zambézia, para a produção de soja, uma cultura de rendimento, de acordo com o matutino Notícias, de Maputo.</p>

a

O jornal adiantou que a empresa já preparou 500 hectares dos 1 500 que tem disponíveis para a produção daquela cultura e acrescentou terem já chegado ao distrito diversos equipamentos agrícolas importados para, a prazo, produzir óleo alimentar e aproveitar o bagaço resultante.

 

Por seu turno, o administrador distrital de Guruè, Joaquim Pahare, disse que a produção da soja poderá ganhar maior expressão nas próximas duas campanhas agrícolas, uma vez que estão assegurados vários investimentos nesse sentido.

 

Além do sector privado, nomeadamente as empresas Rei do Agro e Hoyo Hoyo, que têm investimentos anunciados de 68 milhões de dólares, a Clusa, uma organização não-governamental com sede em Nampula, assinou há dias, um acordo com o governo provincial para a concessão de 1,8 milhões de meticais para a promoção de actividades relacionadas com a produção da soja.

 

O distrito de Gurué, localizado no norte da Zambézia, é o actual celeiro da província, dispondo de potencial para diversos tipos de culturas, incluindo a soja que, produzida desde a época colonial, foi abandonada no decurso da guerra civil.

 

Desde a campanha agrícola 2009/2010 que a produção de soja tem vindo a aumentar no distrito, tendo, por exemplo, na colheita 2010/2011, a produção atingido 8400 toneladas, numa área de 4200 hectares.

 

Source

macauhub

Submit a comment